Padrim atinge marca dos 700 projetos cadastrados.

O Padrim, plataforma brasileira de financiamento recorrente direcionada a artistas e produtores de conteúdo, atingiu a marca dos 700 projetos ativos cadastrados na plataforma. Com projetos de cosplayers, desenhistas, músicos, youtubers e tantos outros, a plataforma já movimentou mais de R$ 800 mil.

O Padrim oferece aos produtores de conteúdo um espaço para criação de um vínculo próximo com seus maiores fãs. Além disso, permite que os projetos recebam incentivos por parte dos seus fãs, possibilitando que os produtores invistam tempo e capital para compra de novos equipamentos e melhorias no conteúdo, por exemplo.

“Nós estamos muito felizes. O Padrim surgiu do sonho de conectar produtores de conteúdo e seus fãs e, a cada novo projeto cadastrado no site, sentimos que estamos fazendo a coisa certa”, contou Pedro Zavitoski, sócio fundador do Padrim. “Nós estamos sempre ouvindo o feedback dos produtores de conteúdo e melhorando o sistema do Padrim e atingir a marca dos 700 projetos ativos no site é muito recompensador”, completou.

Além dos projetos, o Padrim também bateu a meta dos R$ 800 mil movimentados pela plataforma. “O ano de 2017 está sendo incrível para o Padrim. Destes R$ 800 mil que já movimentamos, R$ 530 mil são deste ano”, informou Pedro.

Melhorias no sistema de pagamentos

Recentemente o Padrim anunciou melhorias no sistema de pagamentos do site. As mudanças foram pensadas para facilitar o recebimento e padronizar o processo de pagamentos. “Padronizamos as taxas e agora o valor será sempre o mesmo, independente da forma de pagamento”, afirmou Pedro. “A partir de agora, os valores serão pagos no primeiro dia útil do mês, sem obrigar os projetos a esperarem trinta dias para o recebimento dos valores vindos de cartão de crédito”, completou.

As mudanças já beneficiam projetos e também os padrinhos. Com as mudanças, os padrinhos passaram a ter maior flexibilidade na hora de cadastrar seus pagamentos. No momento do cadastro, o usuário pode selecionar a melhor data para pagamento e, mesmo que perca essa data, terá a opção de reemitir a fatura no site a qualquer momento. Além disso, o padrinho poderá selecionar a forma de pagamento mais conveniente para ele. O projeto apadrinhado receberá a mesma quantia em qualquer um dos meios de pagamento escolhidos pelo padrinho – cartão de crédito ou boleto bancário.

Deixe uma resposta