‘Help: The Game’, jogo que arrecada fundos para crianças em zonas de conflito

A instituição beneficente War Child, que conta com o apoio mundial de membros da indústria de jogos eletrônicos, acaba de confirmar que Help: The Game estará disponível a partir de 26 de julho deste ano. A coleção de jogos originais para PC será lançada globalmente pelo serviço de distribuição digital Steam e terá toda a sua renda revertida para a War Child.

            Anunciado em setembro de 2015, o projeto Help: The Game é uma coletânea em que 11 estúdios mundiais desenvolvedores de jogos dedicaram seis dias para a criação de jogos originais. Os estúdios participantes foram: Bossa Studios, Creative Assembly, Curve Digital, Hardlight, Modern Dream, Rovio Sweden AB, Spit Milk Studios, Sports Interactive, Sumo Digital, Team 17 e Torn Banner. Boa parte dos games já foram completados, enquanto os demais deverão ser finalizados nos próximos dias.

            A War Child é a única instituição dedicada a crianças que vivem em zonas de conflito. Atualmente, há mais de 230 milhões de crianças nessas condições no mundo inteiro. E embora o número seja alarmante, menos de 5% dos fundos humanitários são investidos na proteção e educação delas. Crianças formam o o grupo mais vulnerável ao risco de violência, abuso e trauma, sendo separadas de suas famílias e da escola. Por isso, a War Child acredita que crianças em zonas de risco precisam mais do que simplesmente abrigo, comida e água. Elas precisam de educação, condições de sobrevivência e proteção também.

            Para Miles Jacobson, diretor da Sports Interactive e presidente da comissão da War Child UK para a criação de ‘Help: The Game’, o interesse da indústria de games foi surpreendente. “Quando nós revelamos os planos para ‘Help: The Game’, estávamos apenas levemente otimistas de que a iniciativa geraria interesse entre a indústria de jogos eletrônicos. Mas o nível de entusiasmo que tivemos em retorno superou quaisquer expectativas. Tendo visto o resultado dos games que já foram finalizados até agora, fica claro que os estúdios se divertiram bastante durante o processo. E que em 26 de julho será a vez dos jogadores”, revela.

            Já para Rob Williams, CEO da War Child UK, foi “notório que a indústria de jogos eletrônicos assumiu este projeto junto com o coração, já que, afinal, ainda que toda criança tenha o direito de se divertir, nem todas têm essa chance. Estamos muito gratos a todos que concordaram em ser parte deste projeto e esperamos que todos os esforços não apenas ajudem a levantar bastantes fundos para a iniciativa, como também aumentem o conhecimento sobre o nosso projeto entre a comunidade gamer do mundo inteiro”, pontua.

            ‘Help: The Game’ será publicado pela Sega Europe, com a reversão de toda a renda para a War Child UK. O comitê da War Child é constituído por representantes de uma grande variedade de empresas da indústria mundial de jogos eletrônicos, incluindo a Bossa Studios, Gamer Network, Sega, Sheridans, Sports Interactive, Twitch, YouTube e a War Child. ‘Help: The Game’ será lançado via Steam no dia 26 de julho com o preço sugerido de US$ 14.99. Para mais informações, visite www.warchild.org.uk/helpthegame, siga a War Child UK pelo Twitter /helpthegame ou envie um e-mail para helpgame@warchild.org.uk.

Sobre a War Child UK

             A War Child oferece suporte e ajuda a crianças cujas vidas foram interrompidas pela guerra e pelo conflito. Nossos programas estão reconstruindo vidas em países como Afeganistão, Iraque, Jordânia, Uganda, República Democrática do Congo e a República Centro-Africana. Nós entendemos as necessidades das crianças, respeitamos seus direitos e os colocamos no centro da solução. Ajudamos desde crianças na Síria à reintegração das crianças-soldado da República Centro-Africana, passando pelos resgate de meninas que vivem nas ruas do Congo. Em 2015, nós demos suporte a mais de 125 mil crianças afetadas pela guerra.

            Os programas de educação têm o foco em situações que estão completamente à margem da sociedade, ajudando crianças a lidar com situações traumatizantes, como o conflito armado, dando a elas habilidades e conhecimentos que as permitirão voltar a escola e seguirem com suas vidas novamente. A War Child têm desenvolvido iniciativas inovadoras para a educação em situações de emergência, incluindo o programa de ensino com tablet ‘Can’t Wait to Learn’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *